sábado, 28 de janeiro de 2017

"Reciclar é Poupar" - Sai um Bacalhau Gomes Sá à minha maneira



Finalmente chegou o fim-de-semana! 
A semana passou rápido, tão rápido que nem dei conta dela passar. O trabalho tem-me absorvido todas as energias e se não fizesse o planeamento das compras e das refeições era o descalabro, pois quando se chega a casa todos os dias às 20h30, quando não é mais tarde e,  não tivesse tudo orientado não tinha orçamento que chegasse.
Bem, além de ser o fim de mais uma semana, estamos na reta final do mês, logo as compras limitam-se ao essencial; pão, alguns frescos que sejam necessários, quanto ao resto será organizado com o que há no congelador e despensa. O frigorífico e o congelador são passados a pente fino para consumir o que há e, consequentemente as receitas saem em função disso. Cada vez mais a gestão doméstica tem que ser eficiente, baseada na regra: Desperdício Zero!
Ora então, no frigorífico um lombo de bacalhau e três ovos cozidos aguardavam a vez para serem escoados no almoço deste sábado. Sem pensar muito, cozi batatas às rodelas e fiz uma boa cebolada à qual juntei o bacalhau desfiado; coloquei por camadas num tabuleiro de ir ao forno, cobri com as rodelas de ovo e polvilhei com pão ralado. Ao fim de 20 minuto no forno, lá sai um prato simples e saboroso: bacalhau tipo à Gomes de Sá mas, à minha maneira. Comida caseira, saborosa da que conforta e aquece num dia daqueles típico de inverno. Olho a rua da minha janela e, lá fora as nuvens cinzentas pintam o céu e a chuva, de mansinho aparece. Está frio e na mesa o bacalhau acabado de sair do forno fumega, chama por nós para nos confortar. Assim foi o meu almoço de sábado mas, também poderá ser um jantar de um dia de semana, daqueles jantares que podem ser preparados de véspera e, no dia ser só montar e levar  ao forno, enquanto se põe a mesa! 



Ingredientes:
(2 a 3 pessoas)
Bacalhau ( 1 posta do lombo) já cozido
Batatas ( 8 batatas médias)
Cebola ( 1 grande)
Ovos (3)
Azeite q.b
Sal, pimenta
Folha de louro

Preparação:
Descascar as batatas e levá-las a cozer em água e sal, previamente cortadas em rodelas.
Levar a cozer o bacalhau e os ovos.
Num tacho médio, cobrir o fundo com azeite de levar a estufar a cebola, previamente cortada em meias-luas finas, para a cebolada. Juntar a folha de louro, deitar um pouco de água. Mexer, tapar e deixar estufar em lume brando, até a cebola ficar mole.
Entretanto, desfiar o bacalhau (para quem tem Bimby, este passo pode ser feito na máquina, que em 4 segundos, na velocidade 4, com a colher inversa transforma uma posta inteira do lombo em fios de bacalhau, sem desafazer ou empapar.).
Juntar o bacalhau desfiado à cebola estufada, temperar de sal e pimenta, envolver e deixar tomar o gosto.
Untar um recipiente de forno com azeite e colocar primeiro as batatas às rodelas, de seguida a cebola com o bacalhau. Terminar com o ovo, cortado às rodelas e polvilhar com pão ralado.
Levar ao forno pré-aquecido a 220ºC, cerca de 20 minutos até alourar.
Servir acabado de sair do forno. Acompanhar com uma salada verde ou legumes cozidos.
( Costumo cozinhar a olho, dei as quantidades que hoje fiz, para um prato de aproveitamento. Este tabuleiro dá para 2 a 3 pessoas.Sugiro fazer com mais bacalhau, lascado em vez de desfiado, o que por si só torna o prato mais delicioso. Recordo que esta receita foi para aproveitamento, daí ser uma sugestão interessante para aproveitar bacalhau e ovos cozidos).



Bom Apetite!

5 comentários:

  1. Gosto tanto de bacalhau à Gomes Sá, e é super rápido!
    Ficou com óptimo aspecto!
    Beijinho
    P.S. vou fazer o teu bolo de queijo quark e maçã :)

    ResponderEliminar
  2. Ainda hoje olhei para o bacalhau que a minha mãe de me deixou para o almoço e pensei em Gomes de Sá! :)
    Gosto tanto! O teu ficou maravilho Cristina!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Olá Cristina, meu Bago de Romã
    Começo aqui as minhas visitas aos blogs preferidos.
    Gostei muito da tua receita de Bacalhau e dos teus conselhos para aproveitamento de sobras. Hoje em dia não se pode deitar nada fora. Cá em casa, por coincidência, hoje também houve aproveitamento de restos de bacalhau para o almoço. E saíu um Arroz de Bacalhau com (meia duzia de) Gambas à minha moda.
    Da próxima vez que haja mais sobras de bacalhau, faço o teu À Braz, para experimentar. Como é no forno não me fará tão mal à visícula, espero.
    Beijinhos da Bombom

    ResponderEliminar